Quem Somos
  Nossa Opinião
  Cursos e Visitas
  Turismo Educacional
  Turismo Religioso
  Jornal Assiraj
  Loja Virtual
  Sermões de Sexta-Feira
 Baixe Revistas Grátis
  O Islã em Arquivos
  Livros Virtuais
  Baixe Livros Grátis
  Trabalhos Acadêmicos
 
  Islamismo
  Leia o Alcorão Sagrado
  Princípios Religiosos
  Práticas Religiosas
  Perguntas e Respostas
  Calendário Islâmico
  Aulas de Religião
  Horários das Orações
 
 
A PALESTINA NÃO É AQUI, NEM FICA EM ISRAEL
por: Salem Nasser
QUANDO SURGIU O TERRORISMO
por: José Farhat
 
  Jurisprudência
  A profecia e os profetas
  O Profeta Muhammad
  Os Imames
  Dia da Ressurreição
  Assuntos Sociais
  A Economia no Islã
  Espaço da Mulher
  Sites Recomendados
  Jesus no Alcorão
 
  Tour Virtual
  Vídeos
  Recitação do Alcorão
  Papéis de Parede
  Proteções de Tela
  Recitação de Súplicas
 
 

cadastre-se para receber
os Informativos.


Email:

 
 

 

 

 

 

 

"FÚSSILAT"

(OS DETALHADOS)


Revelada em Makka; 54 versículos.

41ª SURATA

Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso.

Ha, Mim.(1426)


(Eis aqui) uma revelação do Clemente, Misericordiosíssimo.


É um Livro cujos versículos foram detalhados. É um Alcorão árabe destinado a um povo sensato.


É alvissareiro e admoestador; porém, a maioria dos humanos o desdenha, sem ao menos escutá-lo.


E afirmaram: Os nossos corações estão insensíveis a isso a que nos incitas; os nosso ouvidos estão ensurdecidos e entre tu e nós, há uma barreira(1427). Faze, pois, (por tua religião), que nós faremos (pela nossa)!


Dize-lhes(1428): Sou tão-somente um mortal como vós, a quem tem sido revelado que vosso Deus é um Deus Único. Consagrai-vos, pois, a Ele, e implorai-Lhe perdão(1429)! E ai dos idólatras,


Que não pagam o zakat e renegam a outra vida!


Sabei que os fiéis, que praticam o bem, obterão uma recompensa infalível.


Dize-lhes (mais): Renegaríeis, acaso, Quem criou a terra em dois dias(1430), e Lhe atribuireis rivais? Ele é o Senhor do Universo!


E sobre ela (a terra) fixou firmes montanhas(1431), e abençoou-a e distribuiu, proporcionalmente, o sustento aos necessitados, em quatro dias.


Então, abrangeu, em Seus desígnios, os céus(1432) quando estes ainda eram gases, e lhes disse, e também à terra: Juntai-vos, de bom ou de mau grado(1433)! Responderam: Juntamo-nos voluntariamente.


Assim, completou-os, como este céus, em dois dias(1434), e a cada céu assinalou a sua ordem. E adornamos o firmamento terreno com luzes, para que servissem de sentinelas. Tal é o decreto do Poderoso, Sapientíssimo.


Porém, se desdenharem, dize-lhes: Advirto-vos da vinda de uma centelha, semelhante àquela enviado dos povos de Ad e Samud.


Pois quando os mensageiros, de todas as partes(1435), se apresentaram a eles, (dizendo-lhes): Não adoreis senão a Deus!, responderam-lhes: Se Deus quisesse isso, teria enviado anjos (para predicá-lo). Certamente negaremos a vossa missão.


O povo de Ad, ainda, ensoberbeceu-se iniquamente na terra; e disse: Quem é mais poderoso do que nós? Porventura, não repararam em que Deus, Que os criou, é mais poderoso do que eles? Sem dúvida, negaram os nossos versículos.


Pelo que desencadeamos sobre eles um vento glacial, em dias nefastos, para fazê-los sofrer o castigo aviltoso da vida terrena; porém, o da outra vida será ainda mais aviltante, e não serão socorridos.


E orientamos o povo de Samud; porém, preferiram a cegueira à orientação. E fulminou-os a centelha do castigo ignominioso, pelo que lucraram.


E salvamos os fiéis tementes.


E no dia em que os adversários de Deus forem congregados, desfilarão em direção ao fogo infernal.


Até que, quando chegarem a ele, seus ouvidos, seus olhos e suas peles, testemunharão contra eles a respeito de tudo quanto tiverem cometido.


E perguntarão às suas peles; Por que testemunhastes contra nós? Responderão: Deus foi Quem nos fez falar; Ele faz falar todas as coisas! Ele vos criou anteriormente e a Ele retornareis.


E jamais podereis subtrair-vos a que vossos ouvidos, vossos olhos e vossas peles testemunhem contra vós. Não obstante, pensastes que Deus não saberia muito do quanto fazíeis!


E o que vos fez duvidar de vosso Senhor foi o pensamento, o qual vos aniquilou, e fez com que fizésseis parte dos desventurados!


E mesmo se perseverarem, terão o fogo por morada; e mesmo se implorarem complacência, não serão dos que forem compadecidos!


E lhes destinamos companheiros (da mesma espécie), os quais os alucinam no presente, e o farão no futuro, e merecem a sentença do castigo das gerações de gênios humanos precedentes, porque (estes) eram desventurados.


E os incrédulos dizem: Não deis ouvidos a este Alcorão: outrossim, fazei bulha durante a sua leitura. Quiçá, assim vencereis!


Infligiremos um severo castigo aos incrédulos e os puniremos pelo pior que tiverem feito.


Tal será o castigo dos adversários de Deus: o fogo, que terão por morada eterna, em punição por terem negado os Nossos versículos.


Os incrédulos dirão: Ó Senhor nosso, mostra-nos os gênios e humanos que vos extraviaram; colocá-los-emos sob os nossos pés, para que se contem entre os mais vis!


Em verdade, quanto àqueles que dizem: Nosso Senhor é Deus, e se firmam, os anjos descerão sobre eles, os quais lhes dirão: Não temais, nem vos atribuleis; outrossim, regozijai-vos com o Paraíso que vos está prometido!


Temos sido os vossos protetores na vida terrena e (o seremos) na outra vida, onde tereis tudo quanto anelam as vossas almas e onde tereis tudo quanto pretendeis.


Tal é a hospedagem do Indulgente, Misericordiosíssimo!


E quem é mais eloqüente do que quem convoca (os demais) a Deus, pratica o bem e diz: Certamente sou um dos muçulmanos?


Jamais poderão equiparar-se a bondade e a maldade! Retribui (ó Mohammad) o mal da melhor forma possível, e eis que aquele que nutria inimizade por ti converter-se-á em íntimo amigo!


Porém a ninguém se concederá isso, senão aos tolerantes, e a ninguém se concederá isso, senão aos bem-aventurados.


Quando Satanás te incitar à discórdia, ampara-te em Deus, porque Ele é o Oniouvinte, o Sapientíssimo.


E, entre os Seus sinais, contam-se a noite e o dia, o sol e a lua. Não vos prostreis ante o sol nem ante a lua, mas prostrai-vos ante Deus, que os criou, se realmente é a Ele que quereis adorar.


Porém, se se ensoberbecerem(1436), saibam que aqueles que estão na presença do teu Senhor glorificam-No noite e dia, sem contudo se enfadarem.


E entre os Seus sinais está a terra árida; mas quando fazemos descer a água sobre ela, eis que se reanima e se fertiliza. Certamente, quem az faz reviver é o Mesmo Vivificador dos mortos, porque é Onipotente.


Em verdade, aqueles que negarem os Nossos versículos não se ocultarão de Nós. Quem será mais venturoso: o que for precipitado no fogo ou o que comparecer, a salvo, no Dia da Ressurreição? Agi como queirais, mas sabei que Ele bem vê tudo quanto fazeis!


Aqueles que degenerarem a Mensagem, ao recebê-la, (não se ocultarão d’Ele). Este é um Livro veraz por excelência.


A falsidade não se aproxima dele (o Livro), nem pela frente, nem por trás; é a revelação do Prudente, Laudabilíssimo.


Tudo quanto te dizem já foi dito aos mensageiros que te precederam. Saibam eles que o teu Senhor é Indulgente, mais também possui um doloroso castigo.


E se houvéssemos revelado um Alcorão em língua persa(1437), teriam dito: Por que não nos foram detalhados os versículos? Como! Um (livro) persa e um (Mensageiro) árabe? Diz-lhes: Para os fiéis, é orientação e bálsamo; porém, para aqueles que não crêem e estão surdos, é incompreensível, como se fossem chamados (para algo) de um lugar longínquo.


Havíamos concedido o Livro a Moisés, acerca do qual houve discrepâncias. Porém, se não tivesse sido por uma palavra(1438) predita por teu Senhor, já os teria julgado; mas eles se mantiveram em uma dúvida inquietante, acerca disso.


Quem pratica o bem, o faz em benefício próprio; por outra, quem faz o mal, é em prejuízo seu, porque o teu Senhor não é injusto para com os Seus servos.


Só a Ele concerne o conhecimento da Hora. E nenhum fruto sai do seu invólucro e nenhuma fêmea fica prenhe ou gera, sem o Seu conhecimento. No dia em que Ele os convoca, (perguntará): Onde estão os parceiros que Me atribuístes? Dirão: Asseguramos-Te que nenhum de nós pode testemunhar!


E desvanecer-se-á tudo quanto haviam invocado antes, e se convencerão de que não terão escapatória.


O homem não se farta de implorar o bem; mas, quando o mal o açoita, ei-lo desesperado, desalentado.


Todavia, se depois de tê-lo açoitado a adversidade, o agraciamos com a Nossa misericórdia, dirá: Isto é (mérito) meu e não creio que a Hora chegue; e se retornar ao a meu Senhor, certamente obterei a Sua bem-aventurança. Porém, inteiraremos os incrédulos de tudo quanto tiverem cometido e lhes infligiremos um severo castigo.


Mas quando agraciamos o homem, ele desdenha e se envaidece; em troca, quando o mal o açoita, eis que não cessa de Nos suplicar!


Dize-lhes: Uma vez que (o Alcorão) emana de Deus e o rechaçais...haverá alguém mais extraviado do que aquele que está em um profundo cisma?


De pronto lhes mostraremos os Nossos sinais em todas as regiões (da terra), assim como em suas próprias pessoas, até que lhes seja esclarecido que ele (o Alcorão) é a verdade. Acaso não basta teu Senhor, Que é Testemunha de tudo?


Não é certo que estão em dúvida quanto ao comparecimento ante o seu Senhor? Acaso não é verdade que Deus é Onímodo?

 


 

 

 
Shaaban de 1438





Acesse a versão Real Paper do Jornal Assiráj
Clique Aqui












 

 

 

inicial | artigos | notícias | contato


2007 Todos os Direitos Reservados - ibeipr.com.br ®
Desenvolvido por Fatcho